Jaciara - MT,
   
  Enquete
 
 
 
Mato Grosso
 
Alta do dólar puxa preço da soja e milho; valor chega a patamar histórico de R$ 100

Postado em: 16/03/2020 14:38:37

aumento do dólar trouxe elevação também no preço das sacas de soja e de milho. Os valores continuam inalterados em Mato Grosso, mas as negociações podem subir na próxima semana. A saca de soja chega a ser vendida portos de Paranaguá (PR) e Rio Grande (RS) a R$ 100, que é o maior patamar desde 2016. Só nesta quinta (12), foram negociadas 700 mil toneladas de soja. O preço do milho também teve recorde pela 9ª vez consecutiva, segundo as medições do indicador Esalq/ BM&F.  A saca chegou a R$ 57,59.

Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), em Mato Grosso a semana teve uma tônica de negócios mais negócios moderados e, por essa razão, os preços não sofreram alteração.

Na região de Campo Verde, Jaciara e Primavera do Leste, os primeiros a iniciar a colheita da soja, a saca foi negociada em torno de R$ 82 para embarque e o pagamento final ficou para o mês de abril.

Para 2020, o Instituto-matogrossense de Economia Agropecuária (Imea) indicou expansão de 2,3% para as lavouras, que corresponde a 115 mil hectares acima da área destinada à produção no ano anterior, chegando a 4.972.755 hectares. Os produtores esperam preços mais atrativos, além de condições ambientais de chuvas e secas estáveis, segundo o presidente da Aprosoja, Antônio Galvan.

Com o avanço da colheita de soja no Estado, terá início a segunda safra do milho. A previsão é que a lavoura oculpe 5 milhões de hectares. Ainda não há uma estimativa de produção fechada, porém a projeção é que deve ultrapassar a safra de 2019, que fechou em cerca de 29 milhões de toneladas.

Fonte: www.rdnews.com.br
 

 
0 Comentário(s)
 
Postar Comentário
 
Nome:
E-mail:
Comentário:
 
 
Veja Também

2